Siga-nos

TV

Vinho e na cama do quarto de hotel em Buenos Aires: como Everaldo Marques narrou luta de Popó

No início da carreira como jornalista, Everaldo Marques sempre sonhou em ter oportunidades como narrador. E a chance veio da maneira mais inesperada: “De férias e com algumas garrafas de vinho na cabeça”, relembra

No auge da carreira, Everaldo Marques foi recentemente contratado pelo Grupo Globo para integrar o time de narradores, iniciando um novo ciclo depois de 15 anos como profissional da ESPN. Mas antes da passagem vitoriosa pela emissora do Sumaré, o jornalista lutou muito pelo sonho de ser narrador esportivo. Na Rádio Jovem Pan, onde trabalhou por oito anos, as chances foram raras. Até que, em 9 de agosto de 2003, a oportunidade apareceu, ainda que de forma bem inesperada.

Na sexta edição do FALA Y FALA, o novo talk-show do GRANDE PRÊMIO, site parceiro do Ultra POP, Everaldo se diverte e conta o ‘causo’ que marcou o início da sua carreira e que teve como cenário um quarto de hotel de Buenos Aires depois de algumas garrafas de vinho.

Assista abaixo ao comentário de Everaldo Marques no FALA Y FALA.

“O ano é 2003, se não me engano. Disse que saí da Jovem Pan porque não tive muitas oportunidades como narrador lá. E aí fui para o contrato de um mês para a TV Cultura, depois esse contrato foi estendido por quase um ano e fui para a ESPN. Mas fiquei oito anos na Jovem Pan perseguindo esse sonho de ser narrador lá, acabei não tendo oportunidades consistentes, constantes, e por isso eu saí”, conta Marques.

“Eu estava de férias em Buenos Aires. Num sábado lá, saí para jantar, tomei alguns vinhos — porque o vinho nacional argentino é bem bom, e barato — então deu para caprichar. E aí voltei para o hotel. Fui entrar na internet para ver passagem e hotel, porque, no dia seguinte, ia para Bariloche tentar esquiar, uma das coisas mais difíceis do mundo”, relembra.

“No MSN, começo a conversar com o Bruno Vicari, que hoje é apresentador na ESPN e era produtor da Jovem Pan na época”, diz o narrador.

Na conversa, Vicari contou que a emissora não conseguiria fazer a transmissão da luta de Acelino Popó Freitas, que defendia o título mundial super-pena contra o argentino Jorge ‘La Hiena’ Barrios em uma luta em Miami. A transmissão seria off-tube, mas caiu porque a Globo, que exibiria ao vivo o embate, decidiu colocar em VT porque conflitaria com o horário do evento Criança Esperança, prioridade do canal.

Barrios e Popó em combate épico em 2003 (Foto: Reprodução)

Vicari perguntou a Everaldo se conseguiria fazer a narração por telefone, do quarto do hotel. Com o ok do narrador, Bruno consultou o dono da Jovem Pan, Antônio Augusto Amaral de Carvalho, o ‘Seu Tuta’, que passava o fim de semana em Itu às 22h30 de 9 de agosto daquele ano, quando recebeu a ligação. O empresário determinou a transmissão. “Manda fazer”.

“Me ligaram no quarto do hotel, eu sentado na cama, assistindo à luta, e eu narrei pelo telefone a luta do Popó, e foi a única transmissão ao vivo daquela luta na imprensa brasileira — porque a Globo só meteu a luta em VT, depois do Criança Esperança —, e o Popó estava perdendo a luta. Ele só ganhou por nocaute no último assalto. Foi a melhor oportunidade que tive de narrar pela Jovem Pan em oito anos. Oportunidade que surgiu do jeito mais insólito. De férias, com algumas garrafas de vinho na cabeça, mas deu tudo certo, pelo que me lembro”, ri e se diverte o ‘ridículo’ Everaldo Marques, consagrado como um dos maiores narradores da TV brasileira.

Assine nossa newsletter

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados

Com “liberdade total”, Everaldo Marques lembra único pedido do Grupo Globo em suas narrações

TV

Como mudança na qualidade de vida fez Everaldo Marques trocar ESPN por Grupo Globo

TV

Seis outras vezes em que Grupo Globo se reforçou com nomes da ESPN/Fox

TV

A off-season da NFL começou com tudo: Everaldo Marques agora é Globo/SporTV

Esportes

Publicidade
Assine nossa newsletter

Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Connect
Assine nossa newsletter