Siga-nos

Séries

‘Drive to Survive 2’ – s02e02: Boiling Point

A Haas é o foco do episódio 2 da segunda temporada da série. E faz questão de mostrar que é uma bagunça

Com a volta de ‘Drive to Survive’ para sua segunda temporada, lançada em 28 de fevereiro, o Ultra POP faz o review de cada um dos episódios. No segundo, a Haas é o destaque principal, a ponto de deixar a pergunta no ar: como essa equipe segue na Fórmula 1?

Nota: ⭐ ⭐ ⭐ ⭐

Tema central: o episódio é completamente focado na Haas, a única equipe americana do grid. Aliás, ele abre com Günther Steiner, o chefe do time, dizendo que estava sim com o microfone aberto e que depois “a Netflix cortava”. Pois bem: não cortou nada, e ele foi flagrado em diversos momentos constrangedores para a própria equipe. A Haas é americana, e americanos gostam de qualquer tipo de promoção, mas não é possível que Gene Haas, o dono, fique feliz com a exposição de tanta coisa ruim. Steiner se perdeu no personagem após brilhar na primeira temporada, e abre ainda mais a vida, até pessoal, além da do paddock, para a Netflix. Para o público, o resultado é ótimo; para a Haas, difícil dizer o mesmo.

O vencedor: Rich Energy. A marca de energéticos, que abriu a temporada 2019 da F1 como patrocinadora da Haas, mas que largou o projeto no meio, aparece aos montes no episódio. Ou seja: aparece na Netflix. Ou seja: teve exposição aos montes. Para a marca, tudo que seu dono, um personagem por si só, queria. Kevin Magnussen, piloto da Haas, também pode se considerar sortudo, já que não só não foi demitido, como teve contrato renovado mesmo após quebrar a porta da sala de seu chefe.

O perdedor: Haas. A bagunça é tanta, na pista, na fábrica, entre os pilotos, que é inacreditável que Gene Haas, o dono, não siga o que fala ao final do episódio: que poderia repensar a presença na F1. Steiner, também, pode aparecer aqui: o episódio faz todos pensarem que tem dedo dele em todo tipo de zona interna.

Grande edição: como dito, o episódio abre com Steiner afirmando que não ligava de estar com microfone, afinal depois cortariam da edição. Esse trecho dá o tom para todo o episódio, forrado de cenas em que os participantes não aparecem, mas o áudio… Esse fica bem claro.

Melhor cena: são muitas boas, mas se o episódio tem como auge a capacidade de mostrar a bagunça por meio dos sons, não necessariamente de imagens, a bronca de Steiner em Magnussen e Romain Grosjean, seus pilotos, como se falasse com duas crianças que acabaram de brigar no recreio da escola, com Magnussen quebrando sua porta ao final, se destaca.

Assine nossa newsletter

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas

Publicidade
Trending Now
Publicidade

Relacionados

‘Drive to Survive 2’ – s02e10: Checkered Flag

Séries

‘Drive to Survive 2’ – s02e09: Blood, Sweat & Tears

Séries

‘Drive to Survive 2’ – s02e07: Seeing Red

Séries

‘Drive to Survive 2’ – s02e05: Great Expectations

Séries

Publicidade
Assine nossa newsletter

Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Connect
Assine nossa newsletter