Siga-nos

Saúde e Bem-Estar

Confira 8 vitaminas e minerais que ajudam a fortalecer o sistema imunológico

Manter a imunidade mais alta é essencial para o corpo combater o novo coronavírus

Vegetais de folha escura, como a couve, são ricos em vitamina C e ferro, que ajudam a fortalecer o sistema imune
Vegetais de folha escura, como a couve, são ricos em vitamina C e ferro, que ajudam a fortalecer o sistema imunológico (Foto: Pixabay)

Já que vivemos uma pandemia do novo coronavírus, responsável pela síndrome respiratória chamada Covid-19, uma das ações mais importantes é fortalecer o sistema imunológico.

Afinal, a nova doença, que vem espalhando o medo em todo o mundo, é semelhante a uma gripe e causa mais danos em crianças, idosos e imunodeficientes (como pacientes em tratamento contra o câncer).

Como mostra a nutricionista e escritora americana Kristin Kirkpatrick, em artigo publicado no site Cleveland Clinic, a imunidade ideal depende do consumo equilibrado de vitaminas e minerais ao longo do tempo, além de padrões normais de sono e uma “grande dose de exercícios físicos”.

“Com algumas exceções, é melhor obter vitaminas e minerais da sua comida do que em forma de pílula”, orienta a especialista.

Abaixo, listamos as principais vitaminas e minerais que seu sistema imunológico precisa para trabalhar de forma adequada.

Vitamina C

Muitas pessoas associam a vitamina C (ácido ascórbico) à proteção contra gripes e resfriados. Uma das fontes mais conhecidas desse nutriente são as frutas cítricas.

Porém, de acordo com Kristin, vegetais de folhas escuras, como espinafre e couve, além do pimentão, da couve de bruxelas, dos morangos e do mamão também são excelentes fontes de vitamina C.

Vitamina E

A vitamina E (tocoferol) é considerado um poderoso antioxidante, ajudando o corpo a combater infecções, inclusive a Covid-19.

“Amêndoas, amendoins, avelãs e sementes de girassol são ricos em vitamina E. Assim como espinafre e brócolis, se você preferir aumentar sua ingestão através das refeições, em vez de lanches”, afirma a nutricionista americana.

O tocoferol participa de quase 200 reações bioquímicas no corpo, sendo fundamental para o funcionamento do sistema imunológico.

Vitamina A

Para a devida ingestão de vitamina A (retinol), dê preferência a frutas e legumes coloridos.

“Alimentos ricos em compostos coloridos chamados carotenoides, como cenoura, batata doce, abóbora e melão, são ótimas opções”, recomenda Kristin Kirkpatrick.

Ela lembra que nosso organismo os carotenoides em vitamina A, que possui efeito antioxidante, ajudando no fortalecimento do sistema imunológico.

Vitamina D

Apesar de a ingestão de frutas, verduras e legumes ser a melhor forma de adquirir vitaminas e minerais, chegamos a uma “exceção”: a vitamina D (colecalciferol).

Você pode tentar aumentar os níveis desse nutriente comendo alimentos como peixes gordurosos (salmão, atum e sardinha), laticínios, suco de laranja e cereais.

“Mas, muitas pessoas têm dificuldade em absorver vitamina D dos alimentos”, alerta a especialista.

Além de boas doses de luz solar nos horários benéficos (antes das 9h e depois das 16h), a suplementação pode ser uma opção, caso seja recomendada pelo médico.

O colecalciferol atua no fortalecimento dos ossos, evitando o raquitismo, e ajuda o sistema imunológico a combater doenças.

Ácido fólico

Por ser importante para nossa saúde, especialmente para as grávidas, o ácido fólico (vitamina B9) frequentemente é adicionado aos alimentos, como a farinha de trigo.

A sua forma natural, chamada de folato, segundo Kristin, pode ser adquirida de feijões, ervilhas e vegetais de folhas escuras.

“Você também pode obter ácido fólico em pães enriquecidos [consulte o rótulo], massas, arroz e outros produtos 100% integrais”, completa a nutricionista.

Ferro

Um dos minerais essenciais para o organismo é o ferro, que ajuda no transporte de oxigênio para as células.

“A forma mais fácil de absorver o é consumindo aves magras, como frango e peru, além de frutos do mar. Mas não tema, vegetarianos: vocês podem obter o nutriente nos feijões, no brócolis e na couve”, afirma Kristin Kirkpatrick.

Selênio

Embora não seja muito conhecido, o selênio parece ter um efeito poderoso no sistema imunológico, incluindo o potencial de retardar as respostas do corpo a certas formas agressivas de câncer, de acordo com o artigo da especialista americana.

O selênio está presente no alho, no brócolis, na sardinha, no atum, na castanha do pará e na cevada.

Zinco

Assim como a vitamina C, o zinco é um mineral que atua na resposta imune do organismo e no controle de inflamações.

“Você pode encontrar zinco em frutos do mar como ostra e caranguejo, além de carnes magras e aves, feijão cozido, iogurte e grão de bico”.

Assine nossa newsletter

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas

Publicidade
Trending Now
Publicidade

Relacionados

Marcão Marcão

Jornalista sugere campo de concentração para infectados pelo coronavírus. SBT acerta e o suspende

TV

O que a pandemia do novo coronavírus pode significar pra direita brasileira?

Política

Nikon libera videoaulas de fotografia grátis em abril

Digital

Água corrente é a melhor forma de limpar frutas, verduras e legumes, de acordo com cientistas Água corrente é a melhor forma de limpar frutas, verduras e legumes, de acordo com cientistas

Lavar frutas, legumes e verduras com água e sabão elimina o coronavírus?

Saúde e Bem-Estar

Publicidade
Assine nossa newsletter

Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Connect
Assine nossa newsletter