Siga-nos

Esportes

Após fusão Fox Sports/ESPN, Paulo Andrade comemora chance de narrar novos eventos: “Presentaço”

Convidado para a nona edição do programa ‘Fala y Fala’, o narrador Paulo Andrade falou sobre a expectativa de narrar eventos esportivos pela primeira vez, como a Copa Libertadores, depois da fusão da ESPN com a Fox Sports no Brasil

Com o desfecho de uma longa novela que se arrastou por mais de dois anos, ESPN e Fox Sports vão render à Disney um cardápio de mais de 40 eventos no Brasil. Se o canal fundado por José Trajano detém os direitos de transmissão da Premier League, NFL e NBA, para citar os mais importantes, a Fox Sports tem nas suas mãos eventos de muito peso. Destaque maior para a Copa Libertadores. Um deles, a Bundesliga, já vai ser compartilhado com a ESPN a partir deste fim de semana que marca o retorno do campeonato após a pausa forçada por conta da pandemia do novo coronavírus.

Paulo Andrade, uma das principais vozes da ESPN, participou como convidado da nona edição do talk-show FALA Y FALA, programa do GRANDE PRÊMIO — site parceiro do Ultra POP —, na última quarta-feira.

Assista abaixo ao comentário de Paulo Andrade no FALA Y FALA.

O jornalista, que já teve a oportunidade de narrar jogos históricos como o Brasil x Alemanha do 7 x 1, muitas finais da Champions League e várias partidas de Copa do Mundo e da Premier League, aguarda com ansiedade a chance de poder emprestar sua voz também a eventos inéditos na carreira, como a Libertadores.

“Pelo menos por enquanto, o que a gente sabe é que os eventos serão compartilhados entre os dois canais e a gente sabe também muito por aquilo que lê, das pessoas que cobriram essa verdadeira novela, que foi a fusão ser aprovada, dos dois canais. Se realmente acontecer, de a gente dividir eventos, porque a Fox Sports também vai ter a chance de transmitir eventos que são nossos hoje, até com exclusividade, a expectativa é a melhor possível”, explicou.

“O que costumo dizer é que o narrador vive de eventos. Se não tem evento, o narrador some. Se tem o evento, tá lá o narrador, o evento pede um narrador. É diferente de um programa. O programa, e eu apresento alguns, vai ao ar com ou sem um evento. É muito legal também. Mas quem é narrador, quem tem a narração no sangue, espera a chance de narrar eventos grandiosos. Isso não é uma exclusividade minha, todos estão pensando da mesma forma. É um presentaço!”, destacou o narrador.

Assine nossa newsletter

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados

Além de ‘The Last Dance’: 5 documentários de basquete para assistir na quarentena

Cinema

Guerra de liminares e Ratinho comentarista: Paulo Andrade lembra Paulistão no SBT: “Era muito louco”

Esportes

Tensão e drama: Paulo Andrade lembra sufoco com Tite em final da Champions League

Esportes

De convite quase recusado a porta na cara (inclusive na ESPN): Paulo Andrade lembra início da carreira

Imprensa

Publicidade
Assine nossa newsletter

Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Connect
Assine nossa newsletter