Siga-nos

Entretenimento

Primeira produção com temática LGBT+ brasileira na Amazon, Rio #SemLimites é pedante e desinteressante

Com intenção de ser nova, série repete fórmulas antigas

Divulgação

No início deste mês de julho estreou no Amazon prime Video a série Rio #Sem Limites. Primeira produção LGBT+ brasileira no serviço de streaming, a série conta a história de três jovens adultos, de cabeça aberta a novas experiências, que resolvem morar juntos no Rio de Janeiro.

Isabel (Giordanna Forte) é uma artista plástica bissexual; Olivia (Patricia Elizardo) é uma escritora que vê sua heterossexualidade posta a prova e Ricardo (Rogério Garcia) é um promoter de festas que se acredita ex-gay por conta de uma desilusão amorosa. 

A ideia da série é abordar a sexualidade dos três protagonistas sem tabu, mas acaba abusando de uma estética zona sul carioca típica de novela das 21h. Já a história esbarra em uma pretensão esquisita e o clima de “desconstrução de classe média” acaba não ajudando em seu desenlace. Tudo parece fútil demais.

Outra coisa que chama a atenção negativamente é o elenco onde todos estão dentro do padrão de beleza vigente. Se a produção preza tanto por uma pluralidade de formas de amor na série, por que não incluir corpos diferentes?

Mas há pontos de disrupção. O primeiro são as cenas de nudez e sexo. Tem de tudo: homem-mulher, mulher-mulher e homem-homem, que são bem feitas e de bom gosto. O segundo ponto são as cenas que os personagens aparecem com cigarros. Sem querer ser quadrado, mas em um momento em que o estilo de vida mais saudável é moda nas produções, não deixa de ter um charme meio decadente os momentos em que os protagonistas aparecem fumando.

No fim, a nobre intenção de fazer algo diferente é atrapalhada por escolhas de elenco e cenário muito próximas das produções conservadoras globais e por uma história fraca, com diálogos bobos e personagens pouco cativantes.     

Assine nossa newsletter

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas

Publicidade
Trending Now
Publicidade

Relacionados

A proliferação dos serviços de streaming vai matar a TV por assinatura?

Digital

Publicidade
Assine nossa newsletter

Copyright © 2020 | Todos os direitos reservados.

Connect
Assine nossa newsletter